NR-18  PTA PLATAFORMAS DE TRABALHO AÉREO 

 

1          PLATAFORMAS DE TRABALHO AÉREO

1.1       PLATAFORMA DE TRALHO AÉREO – PTA

2          REQUISITOS MÍNIMOS DE SEGURANÇA

2.1       ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO FABRICANTE

2.2       ITENS OBRIGATÓRIOS DA PTA

2.2.1    GUARDA CORPO

2.3       PROTEÇÃO CONTRA CHOQUE ELÉTRICO

3          OPERAÇÃO

3.1       MANUAIS DE OPERAÇÃO

3.2       RESPONSABILIDADE DO USUÁRIO

3.3       INSPEÇÃO DIÁRIA DO LOCAL DE TRABALHO

3.4       INSPEÇÃO VISUAL E TESTE FUNCIONAL DA PTA

3.4.1    VERIFICAÇÃO DAS PEÇAS

3.4.2    MANUAL DE PROCEDIMENTOS

3.5       ATENÇÃO DO OPERADOR

3.5.1    DIRIGIR COM CUIDADO

3.5.2    ATENÇÃO NAS RAMPAS

3.6       CUIDADO COM O TRÂNSITO DE VEÍCULOS

3.7       NÃO APOIAR A PTA

3.8       REDE ELÉTRICA AÉREA

3.9       SINALIZAÇÃO

3.10     A PTA SÓ DEVE SER OPERADA NO CHÃO

3.11     OUTRAS VERIFICAÇÕES

3.11.1  MAU FUNCIONAMENTO DA PTA

3.12     DURANTE O USO DA PTA

3.13     USO DE EPI

3.14     RESPEITAR A CAPACIDADE NOMINAL DA PTA

3.15     DEFEITO NA PTA

3.16     CUIDADOS AO DESLIGAR A PTA

3.17     PTA ESTACIONADA

3.18     CUIDADOS COM AS BATERIAS DA PTA

4          MANUTENÇÃO

4.1       MANUTENÇÃO DA PTA

4.1.1    SUPERVISOR DO PROGRAMA

4.2       PROFISSIONAL DE MANUTENÇÃO DA PTA

4.3       EQUIPAMENTOS PARADOS

4.4       MANUTENÇÃO CORRETIVA

4.5       GUARDA DE DOCUMENTOS

5          DISPOSIÇÕES FINAIS

5.1       INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

5.2       NORMAS TÉCNICAS      

5.3       ÁREA CLASSIFICADA

5.3.1    REGULARIZAÇÃO PARA ÁREA CLASSIFICADA

5.4       AO ADQUIRIR A PTA

5.5       INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO DA PTA

5.6       MANUAL DE OPERAÇÃO DA PTA

5.6.1    OBRIGATORIEDADE DO MANUAL DA PTA

5.7       MANUAL DA PTA EM PORTUGUÊS

5.8       O QUE NÃO SE PODE FAZER COM A PTA

 

Carga Horária de 08 horas.​

 

Após treinamento serão fornecidos certificados aos participantes.

© 2015 por PGJ Engenharia 

  • b-facebook
  • Twitter - Black Circle