NR-10 (SEP) Sistema Elétrico de Potência

 

Descrição: Esta NR se aplica às fases de geração, transmissão, distribuição e consumo, incluindo etapas de projeto, construção, montagem, operação, manutenção das instalações elétricas e quaisquer trabalhos realizados nas suas proximidades, observando-se as normas técnicas oficiais estabelecidas pelos órgãos competentes e, na ausência ou omissão destas, as normas internacionais cabíveis.

 

Público Alvo: Eletricistas, auxiliares, operadores, encarregados, supervisores, técnicos e engenheiros, técnico de segurança do trabalho, mantenedores, projetistas e profissionais de áreas correlatas.

 

Carga horária mínima: 40 horas

 

Conteúdo

É pré-requisito para frequentar este curso complementar, ter participado, com aproveitamento satisfatório, do curso NR-10 BÁSICO.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

Deve ser realizado um treinamento de reciclagem bienal e sempre que ocorrer alguma das situações a seguir:

a) Troca de função ou mudança de empresa.

b) Retorno de afastamento ao trabalho ou inatividade, por período superior a três meses.

c) Modificações significativas nas instalações elétricas ou troca de métodos, processos e organização do trabalho.

d) A carga horária e o conteúdo programático dos treinamentos de reciclagem destinados ao atendimento de reciclagem destinados ao atendimento das alíneas anteriores devem atender as necessidades da situação que o motivou.

e) Os trabalhos em áreas classificadas devem ser precedidos de treinamento específico de acordo com risco envolvido.

f) Os trabalhadores com atividades não relacionadas com as instalações elétricas desenvolvida em zona livre e na vizinhança da zona controlada, conforme define esta NR, devem ser instruídos formalmente com conhecimentos que permitam identificar e avaliar seus possíveis riscos e adotar as precauções cabíveis.

Programação

1. Organização do Sistema Elétrico de Potencia – SEP.

2. Organização do trabalho. 
2.1) Programação e planejamento dos serviços. 
2.2) Trabalho em equipe. 
2.3) Prontuário e cadastro das instalações. 
2.4) Métodos de trabalho. 
2.5) Comunicação.

3. Aspectos comportamentais.

4. Condições impeditivas para serviços.

5. Riscos típicos no SEP e sua prevenção (*) 
5.1) Proximidade e contatos com partes energizadas; 
5.2)Indução. 
5.3) Descargas atmosféricas. 
5.4) Estática. 
5.5) Campos elétricos e magnéticos. 
5.6) Comunicação e identificação.
 
5.7) Trabalhos em altura, máquinas e equipamentos especiais.

6. Técnicas de análise de Risco no S E P (*).

7. Procedimentos de trabalho – análise e discussão. (*).

8. Técnicas de trabalho sob tensão (*) 
8.1) em linha viva. 
8.2) ao potencial. 
8.3) em áreas internas. 
8.4) trabalho a distância. 
8.5) trabalhos noturnos. 
8.6) ambientes subterrâneos.

9.Equipamentos, ferramentas de trabalho: escolha, uso, conservação, verificação, ensaios(*).

10. Sistemas de proteção coletiva (*).

11. Equipamentos de proteção individual (*).

12. Posturas e vestuários de trabalho (*).

13. Segurança com veículos e transporte de pessoas, materiais e equipamentos(*).

14. Sinalização e isolamento de áreas de trabalho(*).

15. Liberação de instalação para serviço e para operação e uso (*).

16. Treinamento em técnicas de remoção, atendimento, transporte de acidentados (*).

17. Acidentes típicos (*) – Análise, discussão, medidas de proteção.

18. Responsabilidades (*).

(*) Estes tópicos deverão ser desenvolvidos e dirigidos especificamente para as condições de trabalho características de cada ramo, padrão de operação, de nível de tensão e de outras peculiaridades específicas ao tipo ou condição especial de atividade, sendo obedecida a hierarquia no aperfeiçoamento técnico do trabalhador.

© 2015 por PGJ Engenharia 

  • b-facebook
  • Twitter - Black Circle